Temperamento!


Eu escrevo para quem fala a mesma língua que eu!
Escrevo mas não preciso que todos me entendam.
Aliás, entender o que se passa aqui é uma missão
no mínimo, cruel.
As vezes sou doce
As vezes sou fel
Porque hoje posso estar num inferno
E amanhã...no céu!

Elzinha

Postagens mais visitadas