Consentimentos


Não há encanto quando o canto em que se encontra está escuro
Não está maduro o fruto que no fundo ainda amarga
Não tem futuro a vida quando no passado ainda se prende
Nem há correntes que se arrebente quando estar cativo é o que te basta
Não existe jeito de ficar desfeito o que o peito ainda embala
Nem tem maneira, nem tem reza, nem magia, nem poesia que dê fim no que se quer para uma vida inteira!

Elzinha Coelho 

Postagens mais visitadas deste blog

Escolhas

Hodierno

Poesia? (Repostando)