Passo...compasso....

Sempre um sentimento surge
no espaço de um compasso
do tempo em movimento.
Surge sempre no hiato 
do passo, no compasso
do movimento do tempo.
Movimento, compasso
tempo, espaço...
e um sentimento.
Que turva meus olhos
Ou lhe dá brilho.
Vai depender do movimento
dos compassos dos meus passos
nos espaços do meu tempo
dos caminhos em que trilho.

Elzinha Coelho

Comentários

  1. Realmente todos os dias surgem sentimentos e sentimentos e sentimentos... No espaço, no campasso, na cadência do tempo...
    Bjus, querida Elzinha.

    ResponderExcluir
  2. Amiga Elza, bonito e melodioso poema. Amei.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  3. Roze querida, é isso o que nos move a escrever, o compasso do tempo na cadência dos sentimentos.
    Obrigada pelo carinho.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Dilmar meu amigo, sei da bagagem que tem em literatura e me sinto muito feliz por estar sempre aqui me prestigiando. É sinal que estou no rumo certo, passo a passo, no compasso.
    Linda semana
    Um abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Seu comentário é fundamental. Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Escolhas

Hodierno