MEUS INCENTIVADORES- GOSTARAM E FICARAM!!

sexta-feira, junho 05, 2015

Poetar


Que coisa louca, o de repente vir da mente e sair na boca
Tão de repente que aparentemente é coisa pouca... que coisa louca!
Ver no papel, transcrito o céu que tem por dentro
Ou o inferno que sem descanso te faz rebento... 

Ter o instante, antes distante, na ponta dos dedos
Dando formas, tecendo corpos de pensamentos
Sentir que nada, consegue ser nada um só momento
Te rasga a roupa, te abre o peito, te faz escravo

Tão de repente... que num instante, o distante já virou ato!
Que coisa louca...


Elzinha Coelho