MEUS INCENTIVADORES- GOSTARAM E FICARAM!!

quarta-feira, janeiro 14, 2015

O dom de ser assim



Poeta que tem o dom de iludir
Que fala da dor
Sem mesmo nele existir

Ternos poetas
Que carregam o barulho do mundo
Compondo na poesia
O seu canto doce e profundo

Fazem da pele o refúgio
De todo o toque bem vindo
E mostram no olhar o que tem
De mais terno, suave e divino

Seres livres, leves, alados
Voando entre alheias dores
De tantos corações apertados
Levando perfumes e cores

São eles cobertos de luz
Que se deixam levar pela mão
Para dentro de todo o sentido
Que há entre o céu e o chão

Elzinha Coelho