Minha estrada...



O caminho que percorro, tantos já percorreram
Uns a passos largos, outros nem tão ligeiros
Retornar só se for para resgatar algum pedaço nosso
que ficou em algum tropeço, perdido em algum destroço
O caminho é de ida
A estrada é longa, sinuosa
Cheia de sutilezas, de perigos, de surpresas
É meu caminho, minha estrada
Que percorro, que me percorre
Enfim...
Eu dentro dela
E ela em mim!

Elzinha Coelho

Postagens mais visitadas deste blog

Escolhas

Hodierno

Poesia? (Repostando)