MEUS INCENTIVADORES- GOSTARAM E FICARAM!!

sexta-feira, setembro 26, 2014

Relacionamento


Se ofendeu, peça desculpas
Se errou, reconheça
Arrependeu-se, esclareça
Tem sentimentos, demonstre
Gerou dúvidas, se explique
Não entendeu, pergunte

Demonstrar afeto não é fraqueza
Se preocupar com o outro, é gentileza
Se te é importante, não ria...
O simples, é sabedoria.

Elzinha Coelho

"Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro."

Carl Jung


quinta-feira, setembro 18, 2014

Meus Devaneios


Pode parecer maluquice, mas ser "perfeitamente feliz" o tempo todo é uma mentira, é muito chato, é improdutivo e chega até a anular a criatividade. Meu sentido de felicidade é outro. Sou nuances de sentimentos, não tenho como ser diferente. Me pego triste em alguns momentos, em outros calmamente lúcida, em alguns totalmente insana, em outros extremamente alegre e por aí vou, me expressando com o corpo e a alma. Egoísta as vezes, dedicada sempre, a uma pessoa ou a uma ideia, onde raramente ideia e pessoa não combinam. Já passei da fase da "perfeição", busca ingrata e que não nos leva a lugar algum. Também a fase de agradar já ficou lá atrás. Sou sentimento e não costumo esconder nenhum. Me esforço por instantes belos, porque a vida é isso, cheinha de instantes que ficam distantes um milésimo de segundos depois. E vejo pessoas correndo atrás de uma tal felicidade que nem sabem ao certo o que seja, mas continuam correndo porque imaginam que seja tão complicada, que o simples é muito simples para ser ela. Para mim felicidade é essa coisa bagunçada aqui dentro, que hora ri, hora chora. É poder sentir com a pele da alma toda a dor e todo o amor. Nesta tal felicidade eu acredito e nela quero viver o tempo todo!!! Sou assim, assim...

Elzinha Coelho

domingo, setembro 14, 2014

Meu mundo é esse!


Amigos, como é bom tê-los. Como é bom ser aceita do jeitinho que a gente é, as vezes chata, irritante, outras vezes, risonha e falante, de cabelos arrumados ou despenteados, com dinheiro no bolso ou sem grana nenhuma. Como é bom ser recebida com abraços sinceros e brilhos nos olhos. Amigos de tantas belezas, de tantas estradas, tantas riquezas e tantos talentos. Cada um à sua maneira conseguem fazer a diferença neste mundo tão lindo e tão louco. Que filosofam ou jogam conversa fora, só pelo prazer da companhia. Que ligam prá saber se está bem ou apenas prá dizer que não estão. Amigos de todas as horas, de tantas idas e demoras e tantas vindas sempre bem-vindas.  A cada um que abraço, que converso ou apenas lanço um sorriso, meu carinho e admiração.

Elzinha Coelho

Encanto da Vida!


Há simplicidade no ar, cheiros de novidades, sussurros de intenções, busca da claridade. Há música nos corações, afeto nas pretensões. Há carinho no olhar, sorriso no despertar. A alma se agiganta impregnada de esperanças, saturada de desejos. Há abraços esperados, sorrisos despojados. Vontade aberta, escancarada, sincera de  ser melhor, de crescer, amadurecer. Realmente há brilhos no ar, no olhar, no ato, no pensar. Há luzes por todo canto, por fora e por dentro, da alma ao firmamento. Uma corrente de encanto que revigora, que fortalece e o que foi bom a gente guarda, o que não foi, a gente esquece .  RE-COMEÇAR... RE-AMAR... RE-ENTENDER...   RE-ASCENDER...  RE-INVENTAR... novos caminhos, outras verdades... outros carinhos, novas saudades... na grande roda que é a vida... na grande vida que é a nossa!

Elzinha Coelho

sexta-feira, setembro 12, 2014

Sou Mulher


Anjo, fada, bailarina
Guerreira, amante, leoa
Com encantos de menina
Sou mulher
Com esperança, com razão
Com paixão no olhar
Sonhos que acalentam o coração
Sou mulher
Pra dividir, somar, multiplicar
TPM, celulites e gordurinhas
Mulher em qualquer lugar
Sou mulher
Consciente, concebida…
Marca registrada, equilíbrio
Doce fragancia da manhã
Sou mulher
Que acolhe, abraça
Sou amante
Que entrega e que laça
Sou mulher
Cabeça, coração
Loba fiel, lábios de mel
Obra prima…inspiração
Sou mulher
Que nas duvidas, tenho a certeza
Sou mulher
Do fim ao recomeço
Sou mulher
Tropeço, caio e levanto
Limpo a poeira
Sigo o caminho buscando
Sou mulher
Irresistível, irritante
Dócil, intrigante



por Gina Alves Alves
A Casa das Palavras

quarta-feira, setembro 03, 2014

Mais amor (de verdade) por favor!


As pessoas andam por aí em busca de pessoas. A insatisfação está me parecendo crônica. O bom, o simples, o que se tem, o que  traz paz, prazer e leveza ao coração parece que não basta. Sempre se imagina que ainda exista algo melhor e que merecem esse melhor. Nesta busca acabam por não experimentar o bom que se tem. Acabam por não construir relacionamentos sólidos, verdadeiros, leais, perdendo o essencial, simplesmente por não acharem tempo de "olhar" o que possuem.  É muito triste o panorama. Vejo corações inquietos, desleais e de tamanha pequenez que me assusta. Banalizam o "Eu te amo" de uma maneira tão irresponsável que são capazes de dizer isso a mais de uma pessoa num mesmo dia. Querem se sentir amados apenas, doar-se nem pensar, não querem arcar com o preço. Amor exige renúncia, dedicação, verdade e reciprocidade! Nesta busca ansiosa por ser ter "um amor" qualquer um é belo, qualquer belo é bom até que um "melhor" apareça. E o mundo se enche de pessoas frustradas, solitárias e tristes porque não tiveram a coragem de construir um amor de verdade, iludidos e egoisticamente distraídos que estavam em querer sempre o melhor.


Elzinha Coelho